Cordelirando...

. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . .
Neste blog você encontrará alguns cordéis de Salete Maria, bem como notícias acerca de sua produção e seu diálogo com outros artistas
... . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . .

Lugar de Mulher, recitado por Salete Maria

terça-feira, 16 de julho de 2013

Um poema para ORLANDO

Saudosa pela partida do amigo ORLANDO PEREIRA para um outro plano espiritual, Salete Maria faz emocionado e emocionante poema:

Orlando tinha um sorriso
Tão grande quanto o universo
Seu olhar era um aviso
De que tudo é controverso
Só de amigos tinha um bando
Levou a vida sonhado 
Sempre nas lutas imerso

Era um ser de luz intensa
De carinho e de paixão 
Um artista de presença
Ativista de montão
Profissional dedicado
Socialista engajado
Filho, amigo, irmão

Uma pessoa adorável
Sensível, linda, marcante
Um garoto inigualável
Fiel, sincero, elegante
Honesto, franco, leal
Humorado sem igual
Amado e também amante

Orlando era um sujeito
Criador e criativo
Trazia o sol no peito
Fulgurante e altivo
Sua energia era boa
Sua vida não foi à toa
Segue para sempre vivo

Saudades, Salete Maria
 

Um comentário:

Roberto Santos disse...

lindo, lindo e bela homenagem!!!