Cordelirando...

. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . .
Neste blog você encontrará alguns cordéis de Salete Maria, bem como notícias acerca de sua produção e seu diálogo com outros artistas
... . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . .

Lugar de Mulher, recitado por Salete Maria

segunda-feira, 28 de março de 2016

MULHERES ADVOGADAS (habeas bocas, companheiras!)



MULHERES ADVOGADAS
(habeas bocas, companheiras!)

Somos muitas, somos tantas
E somos cada vez mais
Por esse país imenso
Buscando justiça e paz
Mulheres advogadas
Somos firmes na jornada
Sem esmorecer jamais

Nossa presença na Ordem
Cada vez mais se agiganta
E contra toda desordem
Nossa voz se alevanta
Em prol da democracia
E de mais cidadania
Pois essa luta adianta

Atuando em todo canto
Por essa imensa nação
Batalhando sem espanto
Mas com intensa paixão
Assim marchamos altivas
Fortes e persuasivas
Honrando a profissão

Enfrentando desafios
Nas lides do dia a dia
Nadando em mares bravios
Com destemor e energia
Valorizando o mister
Com garra, amor e fé
Competência e alegria

Enfrentando o machismo
Racismo e homofobia
Sorvendo dos feminismos
Toda a sua teoria
Assim vamos avançando
Questionando e destronando
Padrões e assimetrias

E neste mês da mulher
No ano da advogada
Aqui estamos de pé
Fortes e determinadas
Contra discriminações
Violências e opressões
Que surgem na caminhada

Em prol de mais igualdade
Nas relações laborais
Respeito à diversidade
E por um mundo de paz
Dentro e fora dos lares
Bem como entre nossos pares
Assim justiça se faz

Por mais valorização
Da mulher advogada
Por uma educação
Onde sejam contempladas
As demandas femininas
Pois equidade não rima
Com vozes silenciadas

Clamamos por igualdade
Real e substantiva
Contra a disparidade
Que nos deixou à deriva
Por muitos anos a fio
Dentro e fora do Brasil
Quase sem alternativa

Ter paridade é preciso
Dentro de nossa entidade
E salvo melhor juízo
Não temos isso, em verdade
Pois para além de falar
Nós sabemos governar
Respeitando a outra metade

Vamos colocar em prática
O Plano que valoriza
A mulher advogada
E serve como baliza
Para mudanças concretas
Pois essa é a nossa meta
E é isto que o plano visa

Segundo as diretrizes
Teremos mais atenção
E seremos as atrizes
De toda transformação
Vamos poder opinar
Discutir e agregar
Nossa contribuição

É um passo importante
Que se dá na OAB
Num momento relevante
Onde é preciso aprender
Que o sujeito mulher
Justiça de gênero quer
Para ninguém mais perder

É importante lembrar
Que muitas de nós lutamos
Noite e dia sem cessar
E durante muitos anos
Pelo fim da iniquidade
Que ainda é realidade
No solo que nós pisamos

Defendendo outras mulheres
E a nós mesmas também
Metendo nossas colheres
Onde e quando convém
Em prol de outra Justiça
Menos silente e omissa
Ou do machismo refém

São muitos anos de estrada
E a história é pouco contada
Mas deve ser resgatada
E bastante disseminada
Nos cursos de formação
E em toda ocasião
Onde a questão for tratada

Por uma questão de justiça
Advogadas docentes
Não podem ficar omissas
Ou mesmo estar ausentes
Dos debates nacionais
Pois nos dias atuais
Pesquisas são eloquentes

Pois revelam contributos E sugerem soluções Mostram o que está oculto Propõem teorizações Aprimoram o Direito E combatem preconceitos Rompendo velhos grilhões

Salve o legado histórico
De diversas feministas
Salve o momento eufórico
Que vai revelando pistas
Do que antes se pensou
Se plantou e cultivou
Pra hoje saltar à vista

Salve Myrtes Gomes Campos
A primeira advogada
Salve tantas companheiras
Que nem sempre são lembradas
Salve as novas gerações
Das que vem lá dos sertões
Negras, índias, engajadas

Viva cada advogada
Deste país-continente
Que seja iluminada
E cada vez mais presente
Nas lutas por igualdade
Justiça e fraternidade
Que animam nossa gente

Por fim, desejo lembrar Nesta nobre ocasião Que a justiça não é cega Fala e tem audição E se a Ordem aprovou Este verso entra em vigor Com sua publicação


Salete Maria da Silva
OAB-BA 48425
Março de 2016

Nenhum comentário: